.

Comer não significa só alimentar-se, mas cumprir um ato ancestral e solene. ( Sandór Márai )

Tainha no sal

Comidinhas da PIACABA

 Tainha de um quilo e duzentas gramas, pescada à duzentos metros da Piacaba.
 Limpa-se a Tainha.
 Corta-se as barbatanas e o rabo.
Recheia-se com alho, cebola, coentro, mangericão, erva cidreira em folhas, batata sal e pimenta moida na hora.

 Amarra-se para o recheio não entrar em contato com o sal.
 E envolve-se o peixe todo em uma grossa camada de sal fino.
Leva-se ao forno a 150º durante duas horas.
 Duas horas depois o sal esta amarelo, e a Tainha e batatas estão prontas!
 Quebra-se a dura camada de sal.

 Serve-se com arroz!
Tainha na crosta de SAL
Esta receita é conhecida, mas o segredo esta nos detalhes do tempero e do recheio.
Bom apetite!

Nenhum comentário: