.

Comer não significa só alimentar-se, mas cumprir um ato ancestral e solene. ( Sandór Márai )

Prove antes de morrer

Chefs apontam os 18 ingredientes que você deve experimentar antes de morrer

Natalia Areia
Convidamos alguns chefs de cozinha, de tipos variados de gastronomia, e perguntamos o que as pessoas deveriam experimentar pelo menos uma vez antes de morrer.
O time é foi formado por Mauricio Ganzarolli, sócio e chef do Banana Sushi, restaurante japonês que mescla ingredientes e toques bem brasileiros, e do Bananeira, especializado em culinária brasileira.
Carole Crema, da loja de doces italianos La Vie en Douce, também chef executiva dos restaurantes lights Wraps e Go fresh. Renata Vanzetto, do jovem, porém já premiado, Marakuthai, restaurante de comida contemporânea com toque tailandês, também dividiu suas ideias de comidas imperdíveis.
A chef queridinha dos fashionistas, Fabiana Cesana, sócia e chef do bistrô francês Cezano, não deixou de enviar sua lista, assim como o premiado Benny Novak, chef e sócio do francês ICI Bistrô, da italiana Tappo Trattoria e da lanchonete chique 210 Diner. Alexandre Tanamate, chef e sushiman do JAM, foi outro que contou para nós o que ninguém pode viver sem provar.
Para completar o time, o bastante premiado chef Erick Jacquin, que hoje responde pelos cardápios do Le Vin Bistrô, do Buffet Infantil Billy Willy e do novíssimo L´Ami Bistrô, além de comandar seu próprio restaurante, o La Brasserie Erick Jacquin, que serve pratos clássicos franceses. De palmito pupunha a caviar, confira o que os profissionais, experts em comida, dizem que é obrigatório experimentar antes de morrer.

Nenhum comentário: